Arquivo da tag: combustão

Como funciona um motor 4 tempos

motor 4 tempos como funciona

Naturalmente, toda a população mundial sabe que qualquer veículo precisa de combustível para funcionar. Mesmo aqueles sem conhecimento algum de mecânica entendem que sua propulsão depende do motor, o qual funciona através da queima do líquido carburante.

Mas como ocorre o processo de combustão interna dos motores?

A maioria dos veículos equipados com motores a combustão interna utilizam os ciclos Otto e Diesel, cujo funcionamento ocorre em quatro fases. Ou quatro tempos, como se fala usualmente. Eles são:

Continuar lendo

Anúncios

Por que um motor a álcool consome mais que outro a gasolina? E por que o diesel consome menos que os outros dois?

Atualmente, a maioria dos automóveis vendidos no Brasil são equipados com motores bicombustível, os quais aceitam álcool e gasolina. Gás natural veicular (GNV) e diesel também se mostram muito populares, assim como as intermináveis discussões entre as vantagens e desvantagens de cada um. Devido ao altíssimo preço dos combustíveis imposto pelo governo, o foco principal reside no consumo. Este é o foco deste post.

Os detentores de maior conhecimento automotivo podem achar o título deste artigo simplório, mas ele responde uma dúvida recorrente entre os motoristas menos informados. Qualquer dono de carro “flex” sabe que o consumo no álcool é cerca de 30% a 50% maior que com gasolina, o famoso “ele faz 7 (km/l) no álcool e 10 na gasolina”. Também sabem que o diesel e o GNV tem maior autonomia em relação a álcool e gasolina. Qual a explicação?

Continuar lendo

Como funcionam os motores 2 tempos

Motor 2 tempos utilizado pelo DKW

Motor 2 tempos utilizado pelo DKW

Quem viveu o mundo automotivo dos anos 60, 70 e 80 certamente se lembrará dos motores de dois tempos, os quais foram utilizados por alguns modelos da época. O mais conhecido foi a linha DKW, muito popular na década de 60. Para os amantes das motocicletas, as Yamahas RD 135 e RD 400 também usavam esta tecnologia. Por sua característica, a última ganhou o apelido de “viúva negra”, devido às fortes arrancadas e retomadas, comportamento característico desse tipo de propulsor.

Mas como ele funciona? O vídeo abaixo mostra seu funcionamento de forma didática: Continuar lendo