Arquivo da tag: potência

8 carros que farão você parecer rico – até R$ 50 mil

carros que fazem você parecer rico até R$ 50 mil

Um dos conversíveis mais acessíveis na Europa, o VW Golf VI Cabriolet – ou as anteriores – seriam ótimas opções de carros de luxo baratos por aqui. Sorte dos alemães.

Uma máxima do marketing diz que não adianta ser, tem que parecer. E quando se trata de carros, não há necessidade de ter uma conta bancária gorda para rodar em carros estilosos e diferenciados, gastando o valor de um Chevrolet Onix ou Ford Ka zero quilômetro.

Esta lista enumera alguns exemplos de modelos desejados pelos apaixonados por carros e por pessoas que buscam os famosos “carros de imagem”, os quais as fazem parecer descoladas e bem-sucedidas desembolsando o valor de um carro qualquer.

Os critérios para a seleção dos modelos são:

  1. Design diferenciado e que não envelheceu. Alguns modelos estrearam nas lojas há mais de vinte anos, mas tem que parecer modernos aos olhos dos leigos.
  2. Carros clássicos e/ou colecionáveis estão excluídos, por se tratar de mercado à parte.
  3. Devem entregar desempenho, acabamento e conforto em linha com os padrões atuais, justificando o melhor “custo/benefício” em relação a modelos mais novos e menos luxuosos.
  4. O comprador deste tipo de carro tem como principal objetivo chamar a atenção e ter um modelo diferenciado. Ele não busca um meio de transporte, nem o carro mais eficiente e não liga para valor de revenda, tampouco custo de manutenção.

ESTE PERFIL DE COMPRADOR NÃO FIXA SUAS REFERÊNCIAS AUTOMOTIVAS EM QUILÔMETROS POR LITRO, MAS EM SORRISOS POR QUILÔMETRO.

Outros artigos já discorreram exaustivamente sobre todos os percalços da compra e manutenção de carros de luxo e os 10 passos para fazer uma boa compra – ou desistir.

Caso sua preferência resida em veículos mais “low profile”, mas você não queira um modelo tão exótico, nem tão antigo, nem tão complicado, o mercado oferece Toyota Corolla 2013, Chevrolet Cruze 2014, Renault Duster 2015 ou Chevrolet Cobalt automático 2016 pelos mesmos valores, para sumir na multidão de modelos comuns, bons de mercado e baratos de manter.

Este artigo respeita as escolhas do motorista comum, mas foi escrito para quem não quer ser mais um carro qualquer na frota monocromática e busca algo realmente empolgante.

Desde já, aviso que esta lista está repleta de “bombas” e “micos”, e parto do pressuposto de que os donos têm plena ciência disso e sabem tudo sobre seu carro dos sonhos. Vamos a ela:

Continuar lendo

Anúncios

O que significa a sigla 200 TSI do novo Polo?

o que significa o 200 TSI do novo polo

Há pouquíssimo tempo, a onda do downsizing passou a avançar a passos largos. Em breve, os motores sobrealimentados dominarão o mercado, competindo com os híbridos e elétricos.

Para o consumidor comum, a associação entre deslocamento e performance – os números 1.0, 1.6, 2.0, 3.5, etc – para descrever os motores,  se mostrava bastante direta: quanto maior, melhor o desempenho e maior o consumo de combustível.

O ditado gearhead que diz “cavalo anda, cavalo bebe”, e a célebre frase do preparador Caroll Shelby “there´s no replacement for displacement” (em tradução livre, “não há substituição para o deslocamento”), ficaram obsoletas com o avanço tecnológico.

De todas as marcas, o Grupo Volkswagen se posicionou como o pioneiro na aplicação intensiva do turbocompressor, desde o lendário Audi Quattro no início dos anos 80. As linhas europeias de VW e Audi aboliram os motores aspirados há alguns anos. No Brasil, o novo Polo ganhará as ruas em breve, com duas opções de conjunto motriz: a 1.6 MSI de 120 cv e a 1.0 TSI de 128 cv.

Em terras tupiniquins, a tecnologia do caracol mágico começou a ganhar impulso apenas nos últimos cinco anos. Por isso, o consumidor ainda se apega aos números de “cilindrada”, vendo o 1.6 sempre como mais potente em relação ao “mil”. Então, a marca alemã se viu em um dilema: como provar para o consumidor que o motor 1.0 é mais potente que o 1.6?

Os engenheiros e marqueteiros de Wolfsburg e da Anchieta encontraram uma solução inusitada e genial: batizar os motores de 160 MSI e 200 TSI. Mas o que significa isso?

Continuar lendo

Por que dois carros podem ter mesma potência com “cilindradas” diferentes?

mesma potência cilindradas diferentes

O leitor Marcelo enviou ao Educação Automotiva a dúvida abaixo, a qual contém um conceito muito importante sobre números de potência e torque dos motores:

O Corsa 2011 1.0 e o Peugeot 207 2011 1.4 possuem 83 cv, descrito no documento dos dois carros. Como explicar a mesma potencia com cilindradas diferentes?

Resposta do EA

Continuar lendo

motor ferrari

Torque ou potência? Qual interessa mais?

Este post é uma republicação de uma matéria do AUTOENTUSIASTAS. Confira a publicação original neste link.


 

Entre os aficionados por carros, há uma intensa discussão sobre a importância de potência e torque e qual tem papel mais importante. Esta matéria do site AUTOENTUSIASTAS trata a questão de forma completa e detalhada, a qual deve servir de base para todos que desejam compreender a questão com clareza.

Para engenheiros mecânicos e estudantes de engenharia mecânica, leitura obrigatória. Leia a matéria.

TORQUE OU POTÊNCIA? QUAL INTERESSA MAIS?