Ir para conteúdo
Anúncios

O inverno está chegando: saiba os cuidados com o sistema de partida a frio

afogador carburador

afogador

Quem tem 35 anos ou mais certamente lembrará dos carros a álcool com carburador, muitos populares entre o final dos anos 70 e início dos 90. Entre as más memórias, está incluída a dificuldade de fazer o veículo funcionar naquelas manhãs e noites geladas, com o uso do afogador. Meu pai possuía uma VW Parati ano 1988, com motor 1.6 a álcool. No inverno, ele sempre me acordava meia hora mais cedo apenas para “esquentar” o motor, tamanha a dificuldade da tarefa. Como eu detestava aquele carro!

Com o advento da injeção eletrônica, o funcionamento dos motores sofreu grande aprimoramento e a tarefa de partir o veículo no frio foi facilitada e problemas como corrosão, poluição e desgaste prematuro de componentes. Mas será que nenhum cuidado é exigido?

Sim. A tecnologia para os veículos a álcool e bicombustíveis avançou consideravelmente nos últimos dez anos. A inovação mais notável está nos sistemas que dispensam o reservatório de partida a frio. Neles, o combustível é pré-aquecido por uma resistência, facilitando a queima nos primeiros momentos de funcionamento. Ela  é acionada quando o veículo tem suas portas destravadas pelo controle remoto.

Nos carros com este sistema, recomenda-se aguardar de 1 a 2 minutos antes de dar a partida, o tempo para o combustível ser aquecido. Com o acionamento correto, o motor estará funcionando em cerca de dez segundos caso o motorista ligar o motor antes, com o combustível frio, o sistema elétrico sofrerá sobrecarga pelo tempo de ignição muito maior, superior a 40 segundos.

Nos veículos com reservatório de partida a frio, este deve estar sempre abastecido com gasolina aditivada, que tem validade de um ano. Os aditivos aumentam a validade de quatro meses para um ano, impedindo que o combustível estrague durante o verão e comprometa o funcionamento do sistema.

Outro cuidado importante consistem em deixar o reservatório sempre abastecido, pois a ausência de gasolina prejudica a bomba de combustível, causando sua parada. Ela sempre deve estar mergulhada no fluido para manter-se em correto funcionamento. Outro efeito colateral é a sobrecarga do sistema de ignição, como no primeiro caso, ocasionado pelo maior esforço na partida a frio apenas com etanol, de menor poder calorífico.

A qualidade do combustível é muito importante, especialmente na partida a frio. Nesta fase de funcionamento, o motor fica mais sensível, pois ainda não está completamente lubrificado, e a chance de ocorrerem danos nos primeiros minutos de funcionamento aumenta. Recomenda-se não variar muito os regimes do motor enquanto este estiver frio, evitando arrancadas bruscas e altas rotações. Esta medida trará ganhos na durabilidade e redução do custo de manutenção.

Por último, mas não menos importante, o motorista não deve segurar a chave por mais de 20 segundos até a partida, com o objetivo de preservar o sistema de ignição. Caso esta não tenha sucesso, deve-se esperar trinta segundos antes de nova tentativa. Tentar fazer o carro “pegar no tranco” não é recomendado, pois pode causar sérios danos ao sistema de injeção.

A tecnologia dos veículos bicombustíveis e a álcool evoluiu muito, e hoje não há diferenças significativas entre estes e os movidos a gasolina em funcionamento e durabilidade. Tomando os cuidados necessários, o motorista terá grande economia de recursos financeiros sem qualquer mudança em sua rotina com essa tecnologia made in Brazil.

Anúncios

Um comentário em “O inverno está chegando: saiba os cuidados com o sistema de partida a frio Deixe um comentário

  1. Muito Boa a matéria!
    Quando abasteço com 100% de etanol, percebo diferenças na partida a frio do motor, até na parte da lubrificação.
    Sempre devemos manter o reservatório da partida a frio, para evitarmos danos a bomba, ao sistema e a ignição.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: