Ir para conteúdo
Anúncios

Manutenção preditiva, preventiva e corretiva

manutenção preditiva, preventiva e corretiva

manutenção preditiva, preventiva e corretiva

Todos os motoristas já sabem da importância da manutenção preventiva ou, no mínimo, da necessidade de levar o veículo à concessionária para todas as revisões, sob pena de perda da garantia.

Após o término desta, a maioria compreende que fazer aquela visita periódica ao mecânico se mostra muito importante para não ficar na rua, manter o bom desempenho, baixo consumo e a manutenção do automóvel conservado e gostoso de dirigir.

Esta é a definição de manutenção preventiva. E manutenção preditiva, você já ouviu falar? Sabia que pode economizar um bom dinheiro com reparos? Confira suas vantagens e desvantagens a seguir.

Em primeiro lugar, vamos definir os conceitos de manutenção corretiva, preventiva e preditiva:

1 – Manutenção corretiva: o reparo feito após a ocorrência da falha, ou seja, após a quebra ou mau funcionamento do componente ou sistema. Pode causar a parada do carro – fazer o motorista ficar na rua – ou causar redução na performance/aumento no consumo ou desconforto ao dirigir.

Em geral, elas ocorrem devido à ausência de manutenção preventiva, má qualidade ou mau uso do veículo. Obviamente, a manutenção corretiva deve ser evitada com a correta conservação do veículo e revisões periódicas.

2 – Manutenção preventiva: a revisão e substituição de itens de desgaste em intervalos determinados pelo fabricante, visando à manutenção da performance e conservação do bom funcionamento de todos os subsistemas do veículo. A forma mais conhecida consiste nos planos de manutenção definidos pelas montadoras, com revisões a cada 5 mil, 10 mil  ou 15 mil quilômetros feitas em concessionária.

Os compradores de veículos usados e fora de garantia sabem muito bem que em determinado intervalo – medidos por quilometragem e/ou período – devem trocar o óleo, filtros, pastilhas de freios, troca de correias dentadas, molas e amortecedores, embreagem, água do radiador, fluido de freio, alinhamento e balanceamento, bateria e todos os demais itens de desgaste para não ficar na rua e manter o carro sempre novo.

Em suma, manutenção preventiva consiste em substituir periodicamente os itens de desgaste e verificar as condições gerais do veículo para substituir os componentes defeituosos, independente do estado no qual se encontram.

Mas o que é a manutenção preditiva?

3 – Manutenção preditiva: esta tem o mesmo objetivo da manutenção preventiva, mas depende de inspeções frequentes e avaliação de dirigibilidade por um mecânico especialista, a fim de trocar componentes que se deterioraram antes do prazo fixado pela montadora – caso sofra desgaste acima da média – ou deixá-lo em uso por um período mais longo enquanto oferecer boa performance, evitando a substituição precoce e economizando dinheiro.

Este é o método de manutenção de veículos de frotas de empresas e locadoras de veículos, as quais possuem mecânicos cuidando de sua manutenção e conservação em tempo integral.

Outro perfil que faz manutenção preditiva são os aficionados por carros com bons conhecimentos sobre mecânica e conhecem a construção técnica de seu modelo com profundidade, assim como todos os prazos de reparo definidos pela fábrica, fazem inspeção periódica de cada item de desgaste e sistemas, além de possuir grande sensibilidade para avaliar a influência de cara componente na dirigibilidade do veículo.

Enfim, abandonam o plano de manutenção programada oficial e fazem seu próprio plano de manutenção, obtendo ótimos resultados baseados em seu conhecimento. Este método se mostra mais trabalhoso e exige bons conhecimentos, com a contrapartida da economia financeira.

Eu devo abandonar o plano de manutenção preventiva da fábrica e fazer manutenção preditiva por minha conta?

Apenas se você entender muito de mecânica e as características de seu modelo e estiver disposto a empregar algumas horas mensais para inspeção e avaliação do veículo. Deve estar sempre alerta ao funcionamento do possante e estar atento a toda e qualquer mudança em sua performance e consumo, fazendo medições constantes.

A prática da manutenção preditiva não é aconselhada para os motoristas comuns, sem grande conhecimentos em mecânica, pois exige dedicação e estudo do modelo, ficando restrita apenas para os especialistas.

Para a grande maioria dos motoristas, a manutenção preditiva é dispensável e não recomendada devido à suas exigências e complexidade. Seguir o plano de manutenção programada definido pelo fabricante e basta para manter o carro/moto em dia.

Anúncios

5 comentários em “Manutenção preditiva, preventiva e corretiva Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: