Ir para conteúdo
Anúncios

19 perguntas frequentes sobre alterações em medidas de rodas e pneus

18 dúvidas frequentes sobre rodas e pneus
Muitas perguntas sobre rodas e pneus são feitas nos comentários, especialmente sobre o aumento e diminuição de suas medidas.
Para simplificar a resolução de dúvidas e compilar as mais frequentes, este artigo compila as 19 perguntas realizadas pelos leitores nos comentários do artigo acima.

1 – Tenho uma Idea ELX 2009 com aro 15 de fábrica, e gostaria de trocar as rodas por aro 14. No entanto, isso irá influenciar negativamente o funcionamento do carro? Isso pode causar reprovação em vistorias?

Normalmente, nos baseamos pelo aro da roda. Para efeitos de aprovação em vistorias, importa o diâmetro externo do pneu. É válido reduzir o aro sem grandes diferenças na performance, sempre respeitando a seguinte regra:

Para rodas menores, coloca-se um pneu de perfil mais alto para manter o diâmetro externo do pneu. Em trocas para aros maiores, os coloca-se um pneu de perfil mais baixo pelo mesmo motivo.

 

Exemplo: para a medida original de 195/55 R15 e deseja mudar para aro 14, os pneus devem ser trocados para 185/65 R14.

Verifique as medidas de pneus e use a calculadora do link nesta tabela de conversão. Ela deve ser utilizada em todas as conversões de medidas mencionadas nos demais itens:

http://www.pneumix.com.br/conversao-pneus/

Como a diferença entre os perfis é pequena, não há ganho relevante na aceleração. É difícil estimar o ganho de aceleração, pois ele varia conforme outras características do veículo.

Fazendo estimativas conservadoras, o ganho ficaria entre 0,2s a 0,3s mais rápido na aceleração de 0 a 100 km/h. Uma melhora sensível na aceleração pode ser percebida,  o condutor  pode sentir o carro “mais esperto”.

Outros benefícios são a leve redução no consumo e melhora na estabilidade em curvas. Os pontos negativos residem na facilidade para raspar em lombadas e valetas, suspensão mais dura e a necessidade de maior cuidado com buracos e pisos irregulares, pois o perfil mais baixo sofre mais em asfalto mal-conservado.

CONFIRA MAIS ARTIGOS DE EDUCAÇÃO AUTOMOTIVA

3 – Tenho um Suzuki Jimny Sport 2014, equipado com pneus 215/75 R15. Gostaria de mudar para 225/75 R15. Vou perder força e qual o percentual de aumento no consumo de combustível?

A única medida diferente é a largura do pneu, e por apenas 10mm. Como A medida que mais influencia no desempenho do veículo é o diâmetro externo do pneu, que é o mesmo no seu caso.

O perfil 75 indica que a altura do pneu é de 75% da largura, o que acarreta diferença de poucos milímetros na altura, com influência quase nula no comportamento do veículo. Não haverá grande diferença de performance no seu carro, talvez um pequeno aumento no consumo de combustível.

4 – Tenho um Ford Ka 1.0 2007, calçados com pneus 165/70 R13. Quero trocá-los por 185/60 R14, visando ganhar mais estabilidade e devido à facilidade em encontrar boas marcas nessa medida. Perderei muito em aceleração com essa alteração? Se sim, será que rebaixando um pouco o carro com suspensão/molas adequadas ajudaria na questão da estabilidade, considerando o uso em rodovias?

Pode-se aumentar o aro de 13 para 14 polegadas sem problemas, respeitando o diâmetro externo do pneu. Ou seja, ao aumentar o aro, coloca-se um pneu de perfil mais baixo, como exemplificado na questão.

Na oficina de rodas, eles se baseiam na tabela de conversão de medidas para colocar os pneus corretos. O desempenho e consumo do seu carro vão ficar inalterados. A altura da suspensão também permanece a mesma.

Alterações na suspensão são desaconselhadas no seu caso, pois mudam bastante o comportamento do veículo, além de serem muito caras.

5 – Tenho um VW Gol 1.0 Ecomotion queria trocar as rodas 165/70 R13 para 175/70 R14. Tem algum problema?Vai aumentar muito o consumo?

Ao alterar as medidas das rodas, observe a tabela de conversão, que mantém o diâmetro externo do pneu. Assim, não haverá mudanças em desempenho e consumo.

Certamente, os pneus 175/70 R14 não são os adequados para o seu carro. O mecânico escolherá a medida correta na oficina, seguindo a tabela de conversão no link da primeira pergunta.

6 – Tenho um Civic 2014 com pneus 205/55 R16, e fiquei analisei que o Civic 2015 tem pneus 205/50 R17. Minha vontade seria colocar 215/50 R17. Porém, minha preocupação é o velocímetro, hodômetro e computador de bordo. Eles ficariam descalibrados?

Para efeitos de marcação do velocímetro e hodômetro, a medida importante é o diâmetro externo do pneu.

Trocando o perfil 55 pelo 50, ele ficará o mesmo. Faça a comparação pegando um conjunto roda/pneu de cada (um aro 16 e outro 17) e coloque-os de pé, um encostado no outro. Devem ser da mesma “altura” quando montados e calibrados, aproximadamente.

Obedecendo o diâmetro externo do pneu, o comportamento do carro fica mantido, assim como a marcação do hodômetro. Caso haja alteração nesta medida, é necessário submeter o instrumento combinado (cluster do painel que mede velocidade, rotação e demais informações).

7 – Tenho um Peugeot 206 1.4i, e estou a pensar trocar os pneus originais 175/65 R14 por 185/60 R14. Vou notar diferenças, como mais consumo, menos conforto ou pior desempenho no arranque ?

A alteração de medidas que você pretende fazer não segue a tabela de conversão anexa. Portanto, gerará mudanças no comportamento, as quais explicarei por partes.

 

Ao reduzir o perfil de 65 para 60, a altura livre do solo ficará de 1 a 2 centímetros mais baixa, a depender da largura. Parece pouco, mas faz diferença ao passar por lombadas e valetas. A saia dianteira poderá raspar com mais facilidade devido à “rebaixadinha” feita pelo pneu de perfil mais baixo.

O perfil mais baixo tende a deixar a suspensão mais dura e melhorar a estabilidade, mas como a mudança no perfil é pequena, o comportamento sofrerá pouca alteração, perceptível apenas para motoristas mais atentos.

A largura maior – ou “tala mais larga” – tenderia a causar pequeno aumento de consumo. Devido à redução no diâmetro externo do pneu, a aceleração terá pequena melhora, assim como o consumo, levando a pouca ou nenhuma diferença no consumo. Desde que a pressão correta para os pneus respeitem a nova medida.

De maneira geral, desaconselho a alteração da medida original dos pneus devido ao fato de alterar a geometria original da suspensão, a qual pode causar desgaste prematuro de alguns componentes. Por outro lado, a alteração feita por um profissional competente, conhecedor de seus resultados, pode fazê-la de forma a melhorar o desempenho e informá-lo de seus prós e contras.

8 – Reduzir o perfil de 65 para 60 e alterando a largura de 175 para 185, como a altura livre do solo baixará 1 ou 2 centímetros?

Existe uma forma muito simples de compreender a diferença que o perfil traz: vá à loja e pegue um pneu 185/60 R14 e outro 175/65 R14 e coloque-os lado a lado. Um encostado no outro. O perfil 60 tem a circunferência externa menor que o de perfil 65, a causa do “rebaixamento” ao trocar o perfil.

9 – Já tive a oportunidade de colocar os 2 pneus 175/65 e 185/60 lado a lado e a diferença de altura é quase imperceptível (serão 2/3 mm), o que me leva quase arriscar pelo 185. Tenho é receio que os orgãos mecânicos com esta alteração venham a deteriorar-se com o tempo, e também tenho receio que o carro fique um pouco mais lento nos arranques ou será o contrário?

É possível perceber a diferença de 1 a 2 centímetros apenas com os dois conjuntos roda/pneu montados e calibrados. Ao compará-los vazios não é possível ter a noção correta.

10 – Possuo um Corsa 1.0 MPFI e gostaria de ganhar mais estabilidade em curvas , como ele usa rodas aro 13, gostaria de saber se eu colocar rodas aro 15 nele eu ganharia em estabilidade? Ou se seria melhor eu permanecer com umas rodas 13, com a tala maior?

 

Sim, é possível trocar os conjuntos de rodas/pneus de aro 13 para melhorar a estabilidade. Salvo engano, os pneus originais do Corsa são 165/70 R13 e a mudança para a tala 175 não traria grandes melhorias na estabilidade. A alteração para aros 14″ ou 15″ é necessária, pois é difícil encontrar pneus mais largos que o 175 para o aro 13″.

Para não alterar a geometria da suspensão, altura livre do solo, aceleração e consumo, é necessário seguir as medidas da tabela de conversão no início do artigo, fazendo somente as alterações para melhorar a estabilidade.

Para melhorar a estabilidade, colocar pneus de largura maior funcionam, mas afetam o consumo e o esforço para esterçar o volante aumenta.

Se o carro for equipado com direção hidráulica, é preciso manter os pneus sempre calibrados para não prejudicar o sistema.

Para manter o diâmetro externo do pneu, uma roda aro 15″ precisa ter um perfil muito baixo e vai deixar o carro duro. Com pouca borracha para amortecer impactos, a chance de danificar os pneus e formar bolhas é grande.

Avalie com seu instalador se um modelo aro 14″ atinge o objetivo. O conjunto custa sai mais barato, oferece melhor resistência e os pneus são fáceis de encontrar.

11 – Segue um caso atípico. Tenho um Volkswagen Santana Quantum 2.0, com um cilindro de GNV (15m³, 70kg). Eventualmente, puxo um trailer (média de 700kg). O veículo tem rodas 14, 165/60. Porém, quando ando com ele vazio, principalmente em altas velocidades em rodovias, sinto muito instável em curvas até suaves, chuva também não sinto segurança. Você aconselha a troca para aro 15?

A medida 165/60 R14 não é a correta para o seu carro. Os pneus originais eram os 185/65 R14.

A troca do aro tem pouca influência no seu caso. Usar as medidas originais de fábrica, 185/65 R14, resolve o seu problema de forma mais barata. Por ser muito utilizada por modelos de todas as marcas, é barato e fácil de encontrar.

O uso de 195/55 R15 traz resultados melhores a um custo muito mais alto e com perda de conforto, devido ao perfil mais baixo. Esta medida custa em torno de R$ 250 a R$ 350, mais o valor do jogo de rodas aro 15″.

Em ambos os casos, haverá aumento sensível no consumo devido à maior largura, responsável por melhorar a estabilidade e conforto.

12 – Tenho uma Pajero Full 2015 com conjunto roda/pneus 265/50 R20 e o veículo é muito duro, barulhento e desconfortável nas vias irregulares. Posso trocar o conjunto para 265/70 R16? Se é possível, qual será o resultado é os cuidados?

Os conjuntos aro 20 não são os originais do veículo, ainda mais de medidas esportivas como as mencionadas.

A instalação de um jogo de rodas e pneus de medidas às do conjunto original de fábrica fábrica entregarão o resultado esperado: restauração do conforto original, caso o sistema de suspensão esteja com a manutenção em dia.

13 – Tenho uma Fiat Doblò 2003, 1.3 16V, a gasolina. O consumo está muito alto, cerca de 8 km/l na cidade. Suas rodas foram trocadas por outras de aro 15. Colocar um conjunto com medidas dos originais de fabrica – aro 14 – traria melhoria no consumo?

Certamente. Ao aumentar o diâmetro externo do pneu, por meio da troca do aro 14 para o 15, o aumento de consumo ocorre naturalmente.

Caso não haja outros sistemas que necessitem de manutenção, o consumo deve melhorar após montar os conjuntos roda/pneu originais.

14 – Estou comprando uma Pajero Sport HPE 2007, diesel 2.5, automática. Andei e considerei muito fraca a retomada de velocidade. Estou pensando em reduzir o tamanho dos pneus. Já vi que o recomendado é 265/70 R16. Existe um algum pneu um pouco menor, que não viesse a deixar a camioneta muito feia? Velocidade final menor, mas retomada melhor?

Instalar um jogo de rodas com diâmetro externo menor é possível. Vale lembrar que rodas menores darão uma “rebaixada” no utilitário, interferindo na capacidade off-road e prejudicando sua capacidade de fora-de-estrada.

Utilitários são equipados com rodas maiores para manter as características necessárias para sua proposta. A instalação de conjuntos roda/pneu menores pode ser efetuado com a redução de uma polegada, no máximo.

Recomendo consultar a tabela de conversão de medidas e ir a uma loja especializada para verificar o conjunto mais adequado às suas necessidades.

15 – Há carros que, no livrete, traz varias medidas diferentes. Mas ao medir o diâmetro total de todas as medidas, ela não se altera significativamente, ou seja, num pneu 195/55 e 185/55, o perfil é igual, mas o 195/ 55 é ligeiramente maior. Porque a altura do pneu é 55% da largura (195) = 10,725 cm e 55% da largura do pneu (185)= 10,175 cm. Sendo assim o pneu mais estreito pode dar sensação que o carro fica mais rápido e  a rotação sobe mais rápido, mas o velocímetro marca errado em relação ao pneu maior. Ou seja o pneu mais baixo percorre menos espaço.

Sim, se o velocímetro e hodômetro não forem recalibrados ao alterar o diâmetro externo de rodas e pneus, os valores exibidos estarão incorretos. Uma vez feita a calibração, a melhora em aceleração e ganho de velocidade podem ser aferidas em testes de rodagem com bastante facilidade.

Reduzir o diâmetro externo do pneu é uma prática largamente utilizada em carros de competição e pneus especiais para track days, instalados em carros de rua. A prática data dos primórdios do automobilismo.

16 – Tenho um VW Gol Track G6 1.0, com pneu 185/65 R14. Gostaria de colocar aro 15, mas não sei qual tala e largura usar. Pode mudar algo na parte de consumo e suspensão?

Para aumentar o aro de 14″ para 15″, basta manter o diâmetro externo do pneu seguindo a tabela de conversão de medidas.

Respeitando o diâmetro externo do pneu, não deve haver mudanças no comportamento do carro.

17 – Comprei um Honda Fit LXL AT 2005/2006 e o antigo dono trocou as rodas originais 14 por rodas 16, do New Fit 2009. A especificação original do carro indica rodas aro 14, com pneus 175/65. As rodas atuais, aro 16, calçam pneus 205/65. Estou incomodado com essa alteração, mas vi muitas opiniões dizendo que está dentro do permitido e não prejudicam a segurança e consumo. Também vi opiniões contrárias. Minha preocupação se refere ao consumo, se isso pode gerar maior desgaste das peças da suspensão. Há necessidade de trocar as rodas pelas originais deste modelo?

Pelas medidas que você reportou, dá para perceber que o antigo dono aumentou o diâmetro externo do pneu, modificando as características originais do veículo. Ele deve estar mais “altinho” em relação ao original.

Caso deseje manter os aros 16″, substituir os pneus de perfil 65 por mais outros mais baixos, como 45, 50 ou 55 para restaurar o comportamento original, sempre observando a tabela de conversões. Mesmo assim, haverá alterações no comportamento e conforto.

A solução ideal para restaurar o comportamento original é colocar um conjunto roda/pneu com as especificações originais, 175/65 R14.

18  -Comprei um Fiat Argo 2018/2019, motor 1.0. Ele tem aro 14 de fabrica. Gostaria de saber se trocar para aro 15 ou 16 mudaria muito o desempenho do carro prejudicando, ou aumentado o desgaste ? e se aumentar daria mais estabilidade ?

É possível instalar conjuntos com aros maiores sem alterar as características originais do veículo ao respeitar a tabela de conversão de medidas, adequando o perfil à largura do pneu e aro da roda.

O profissional que executar a instalação indicará as medidas corretas.

19 – Tenho um Ford Ka 2015, 1.0 hatch, com pneus 175/65 R14. Gostaria de mudar para 175/70 R14. Esta troca vai afetar a estabilidade e consumo de combustível do carro?

Trocar os pneus originais por outros de perfil mais alto aumenta o diâmetro externo do pneu. É possível observar porque o carro ficará mais “altinho”, como se fosse uma versão “adventure” ou “cross”.

Fazer essa alteração fará com que as arrancadas sejam mais lentas e causará aumento no consumo de combustível. A maior quantidade de borracha tende a prejudicar a estabilidade, com a contrapartida de possível melhoria de conforto, a depender da composição da borracha. Outra vantagem reside nos 1 ou 2 centímetros extras na altura livre do solo, evitando raspar em lombadas e valetas.

Se possível, mantenha os pneus com a especificação original 175/65 R14. Não há nenhuma grande vantagem em utilizar esta medida.

UMA ALTERAÇÃO MUITO COMUM

Alterar medidas de rodas e pneus consiste na modificação mais comum dentre os proprietários. Seja por motivos estéticos ou funcionais, compreender a grande influência destes componentes que são a único contato do veículo com o solo se mostra essencial para obter o resultado desejado.

Seja para preservar as características originais, melhorar a performance no asfalto, fora-de-estrada, consumo ou durabilidade – e mesmo para os motoristas que buscam melhorias estéticas, tão somente – efetuá-las corretamente, com conhecimento das influências no comportamento dinâmico, se mostram fundamentais para desfrutar ao máximo de seu automóvel.

Gostou do artigo? Curta Educação Automotiva no Facebook e confira mais artigos e figuras explicativas em nossa página. Cadastre seu e-mail na newsletter no rodapé da página e receba novos artigos em tempo real.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: