Pular para o conteúdo
Anúncios

Por que é tão importante cuidar bem dos pneus

No post anterior, o assunto foi a importância de manter os pneus calibrados.

Os ortopedistas sempre exaltam a importância de usar bons calçados, pois são eles que suportam todo o peso do corpo em contato com o solo.

Na mecânica automobilística, o mesmo vale para os pneus. Apenas quatro apoios de cerca de 10 x 10 centímetros suportam mais de uma tonelada de peso. Eles são os responsáveis pela estabilidade em curvas, arrancadas, frenagens e por absorver os impactos e irregularidades do piso. Sua manutenção correta traz grandes benefícios para a dirigibilidade, para o conforto dos ocupantes, para economia de recursos e, principalmente, para a segurança.

Quando recebem os devidos cuidados, costumam durar de 40.000 km até 80.000 km, dependendo do modelo. Custam a partir de cerca de R$ 130 (aro 13, novos) até mais de mil reais (medidas acima de 18 polegadas, para utilitários). Confira abaixo algumas dicas para preservar os seus pneus.

1 – Manter a pressão recomendada

Mantenha-os sempre calibrados e sempre siga a especificação de fábrica. Deixá-los abaixo da pressão aumenta o desgaste dos pneus, afeta a estabilidade em manobras rápidas, aumenta o consumo de combustível e deixa os pneus mais expostos a impactos em buracos e guias, podendo levar a grandes danos. Encher demais também é nocivo. Piora a estabilidade e prejudica o controle em velocidade e manobras rápidas e desgaste prematuro no centro da banda de rodagem. Também causar desconforto aos ocupantes, pois a borracha é o principal amortecedor do veículo.

2 – Carga e velocidade

Os fatores que mais geram desgaste nos pneus são carga e velocidade. Se você anda sempre de carro cheio e/ou anda muito em estradas. Se você anda constantemente em uma destas condições, tenha atenção redobrada com sua pressão e estado de conservação.

3 – Pressões distintas para o veículo vazio e carrgado

Muitos veículos possuem calibragens diferentes para rodar vazio e carregado. Exemplo: carro compacto. Vazio: (Dianteiros/Traseiros) 29/28 psi. Carregado (D/T) 30/36 psi. Normalmente a etiqueta com o dado fica na parte interna da tampa do tanque ou na soleira da porta do motorista. Quando for viajar com a família, não esqueça de calibrar para o veículo carregado. No exemplo acima, 30 na frente e 36 atrás.

4 – Não esterçar com o veículo totalmente parado

Ao manobrar seu veículo, evite esterçar o volante quando estiver parado. A recomendação é andar alguns centímetros para frente ou para trás enquanto faz a mudança de direção. Este cuidado ajuda a preservar os pneus e a suspensão.

5 – Fique atento com as irregularidade das vias

Dirija com atenção. Os piores inimigos dos pneus são buracos, lombadas, valetas e guias. Compreendo que este é o cuidado mais difícil de seguir devido às condições precárias de nossas vias. Caso ocorra um impacto muito forte contra um ou mais desses obstáculos, pare o veículo assim que puder e verifique se não houve dano em algum pneu ou roda. Caso positivo, conserte o quanto antes ou substitua o pneu.

6 – Verifique o estado dos pneus regularmente

Se o pneu tiver bolhas ou estiver muito gasto, deve ser substituído imediatamente. Este tipo de dano transforma o veículo em um bomba-relógio. Mantenha a sensibilidade ao volante e perceba se o veículo ficou menos estável em curvas, se o amortecimento de impactos piorou ou se o volante ficou mais pesado para esterçar ao fazer manobras.

Estes indícios indicam que pode haver problemas com os pneus e/ou é hora de trocá-los. O vídeo abaixo mostra as possíveis consequências de um estouro de um pneumático em média e alta velocidade/.

Leia também as partes 3 e 4: O MÍNIMO DE ACELERADOR, O MÍNIMO DE FREIO. O lema de quem quer economizar combustível. e Condução inteligente: a solução para economizar e preservar o meio ambiente

Anúncios

4 Comments »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: