Arquivo da tag: cultura automotiva

“Kit padaria”: a receita mais simples para aumentar a potência do seu motor

kit padaria chip de potência

Este simples componente eletrônico permite aumentos de potência e torque muito expressivos, especialmente para motores sobrealimentados.

Muitos entusiastas desejam aumentar os números de potência e torque dos motores de seus automóveis. A primeira modificação que vem à mente consiste na instalação de um turbocompressor, naturalmente.

Por outro lado, a peça custa muito caro e sua instalação se mostra complexa e demorada, pois uma boa preparação exige a troca de diversas partes do motor para seu adequado rendimento. Sem contar as constantes quebras e dificuldades de utilização do veículo no dia-a-dia.

Visando à solução destes inconvenientes, empresas especializadas em preparação de motores desenvolveram uma solução simples, de fácil instalação, relativamente barata, a qual dispensa a necessidade de modificações mecânicas e pode ser facilmente revertida: o chip de potência ou “kit padaria”.

Descubra se ele serve para você.

Continuar lendo

Anúncios

Como fazer seu carro andar mais e consumir menos sem gastar um centavo

como fazer seu carro andar mais e consumir menos sem gastar um centavo

O título deste artigo parece uma chamada de marketing de algum produto automotivo que promete milagres, mas entrega resultados nulos ou muito aquém do esperado.

Nada disso.

Estas práticas descritas abaixo são consagradas e aplicadas em competições desde tempos imemoriais. E você pode usar no seu carro com excelentes resultados. Sem gastar um centavo. 

Leia abaixo e veja que não tem segredo.

Continuar lendo

diferença motor 1000 1.0 1600 1.6

Qual a diferença do motor 1000 para o 1.0?

 

Um dos posts mais lidos desta página é o Mecânica sem segredo: qual a diferença do motor 1.0 para o 1.6? Após ler este post, outra dúvida muito frequente é sobre a diferença do motor 1000 para o 1.0. Ou do 1300 para o 1.6. A diferença é muito simples:

Continuar lendo

Os carros que ganharam apelidos carinhosos

simca chambord belo antonio

Simca Chambord, apelidado de Belo Antônio

A criatividade e o senso de humor são marcas registradas do brasileiro. Atribuir apelidos sempre foi uma constante na vida de todos nós, principalmente entre os homens.

Os automóveis também não poderiam escapar, como o Simca Chambord (1958-1867) da foto acima, apelidado de Belo Antônio. O sujeito em questão foi personagem de um filme muito popular nos anos 60, o qual era um rapaz boa-pinta e bastante popular entre as mulheres, mas sofria de impotência sexual, moléstia sem solução à época. A comparação com o sedã da marca francesa se estabelecia na parca potência do motor 2.4, de apenas 100 cv e 15,5 kgm.m de torque, claramente insuficientes para dar boa propulsão ao modelo de belas linhas.

Este é um exemplo de como a mente imaginativa do brasileiro gerou dezenas de apelidos para modelos de todas as épocas. Em casos extremos, o apelido acaba sendo mais famoso que o nome original.  Confira mais alguns:

Continuar lendo

Enquete: Qual seu tipo de conteúdo preferido no Educação Automotiva?

Avenida Europa: o lar dos supercarros no Brasil

ferraris

Um passeio imperdível e imprescindível para todos os amantes de automóveis e motocicletas que moram ou visitam São Paulo se chama Avenida Europa, a rua na qual se localizam grande parte das lojas de veículos de luxo e esportivos do Brasil. Há exceções como a única concessionária da Ferrari do Brasil, a qual foi transferida para a Avenida Brasil, a qual se situa a 500 metros da mítica via.

Continuar lendo

Ayrton Senna: vitória no GP Brasil de 1991 com apenas uma marcha

A primeira vitória de Ayrton Senna em um GP Brasil de Fórmula 1 aconteceu apenas em 1991, quando ele já era bicampeão mundial.

Esta foi uma das corridas mais míticas de sua carreira devido a uma condição extremamente desfavorável: o câmbio de sua McLaren estava quebrado, travado na sexta marcha. As retomadas eram lentas e o bólido ficou muito difícil de guiar, exigindo um esforço quase sobrenatural. A favor de Senna, apenas a chuva.

Ao conquistar a vitória, ouça os gritos eufóricos de Senna no rádio. Ele parou a McLaren na reta oposta e teve de ser levado pelos comissários, pois o esforço havia sido descomunal. Aqueles que assistiram esse GP ao vivo, como eu, sempre o levarão consigo na memória. Assista: