Ir para conteúdo
Anúncios

Carros de luxo usados: o sonho que pode virar pesadelo

carros de luxo seminovos sonho ou pesadelo

carros de luxo seminovos sonho ou pesadelo

Os motoristas mais entusiastas sonham – ou já possuem – com carros de luxo. Excetuando os mais abonados, que os compram zero quilômetro, os motoristas com poder aquisitivo médio constatam que um automóvel premium seminovo custam  o mesmo que um sedã médio ou SUV compacto.

A princípio, o entusiasmo toma conta. Quem não prefere dirigir um BMW ou Mercedes-Benz de dois anos, na garantia, ao invés de um Honda Civic ou Corolla, pelo mesmo preço? Ou que tal trocar um Hyundai iX35 novo por Range Rover Evoque com três anos de uso?

Antes de correr para o mercado de usados, calma. Muita calma. Antes, você precisa estar ciente dessas informações para seu sonho não virar um pesadelo.

Apesar dos preços de compra similares, o custo de manutenção do modelo premium se mostra muito mais elevado que um veículo de marca de volume. Lembre-se que o carro desvaloriza, o preço das peças não.

Posto isso, esteja preparado para gastar de R$ 500 a R$ 1.200 em uma simples troca de óleo e filtros, ante R$ 150 a R$ 300 em um sedã médio ou SUV compacto. Itens banais como as palhetas dos limpadores de para-brisa podem passar dos R$ 1.000, e não existe mercado paralelo. A grande maioria desses componentes estão à venda apenas nas concessionárias.

Veja o quadro comparativo da diferença entre as marcas premium alemãs, o famoso trio de ferro neste link.

Esqueça a gasolina comum, um modelo de luxo deve usar apenas a premium, de alta octanagem, a fim de preservar o motor. Motores turboalimentados – a grande maioria nessa categoria atualmente – merecem cuidado redobrado.

A falta desse cuidado pode causar a queima da bomba de combustível, cujo preço supera facilmente os R$ 10 mil em diversos veículos. Outros componentes que sofre com o combustível de má qualidade são os bicos injetores, ao custo de R$ 500 a R$ 1 mil reais cada um. Em um modelo com seis ou oito cilindros, a conta vai ficar bem salgada.

Não descuide da qualidade do combustível, pois o custo extra do líquido se mostra muito mais barato que a manutenção de componentes do motor.

Leia também: 5 vantagens de um carro de luxo para um comum e 5 desvantagens de um carro de luxo para um comum

Outro ponto crítico consiste nos sistemas de suspensão e escapamento, os quais sofrem bastante com a péssima pavimentação de nossas vias. Soma-se a esse problema o fato de os modelos premium possuírem um conjunto mais próximo ao asfalto, dificultando a condução em pisos irregulares, lombadas e valetas, reduzindo a vida útil do sistema. Escapamentos furados são comuns, devido à mesma característica, excetuando os SUV´s, naturalmente, pois possuem suspensão alta e preparada para terrenos fora-de-estrada.

Sobre o custo de reparação: um modelo compacto ou médio já possui custos de reparação bastante elevados. A troca de molas, amortecedores, bieletas, batentes e pivôs gira em torno de R$ 2 mil a R$ 5 mil, a depender dos componentes a serem substituídos. No caso dos modelos de luxo, a despesa supera facilmente os R$ 20 mil.

Esta matéria relata as condições de condução de modelos baixos no Brasil: As dificuldades de andar de carro esportivo. Será que é mesmo tão legal?

Deve-se prestar atenção nos preços de itens de funilaria e acabamento como faróis, lanternas, para-choques, retrovisores, bancos, tetos solares e demais itens estéticos. Retrovisores superam facilmente os R$ 5 mil e faróis e lanternas de xenon ou LED podem superar os R$ 10 mil. Enfim, um pequeno acidente no qual seja necessária a substituição de um farol, um farol de neblina, para-choque, para-lama e capô pode custar mais de R$ 30 mil.

No caso de modelos mais antigos e/ou de baixo volume de vendas, há mais um agravante: a indisponibilidade das peças em estoque, muitas vezes até em seu país de origem. Tal fato inviabiliza o reparo ou deixa o veículo parado por meses até a chegada da peça. Naturalmente por um preço elevadíssimo.

Leia também: Segmento premium: as primas ricas das marcas mais vendidas. Descubra os “parentescos” do mercado automotivo e Avenida Europa: o lar dos supercarros no Brasil

Por fim, os componentes elétricos e eletrônicos também merecem atenção especial. Bancos, teto solar e demais acionamentos elétricos devem estar funcionais, pois o custo de substituição é alto e não há peças a pronta entrega. Um cuidado adicional deve ser dado aos módulos eletrônicos: ABS, EBD, ASC, OBD ECU do motor, ECU do câmbio, ECU da tração integral, central multimídia, suspensão a ar ou magnética, dentre tantos, devem ter planejamento de manutenção preventiva, pois podem deixar o veículo parado por meses aguardando os componentes para reparo.

CONCLUSÃO

O objetivo deste artigo não se foca em fazer entusiastas a desistir do sonho do modelo de luxo, mas em conhecer os detalhes e percalços que os proprietários devem conhecer para curtir melhor o seu “brinquedo”. Entrar em contato com outros donos e/ou clubes de veículos da mesma marca ou modelo para coletar informações sobre manutenção e aquisição de peças e serviços também contribui para mantê-lo sempre conservado.

Vale lembrar que cuidar de modelos premium mais antigos exige tempo, dinheiro e dedicação. Deve ser considerado um verdadeiro hobby. Em caso de modelos disponíveis em grande quantidade, como BMW Série 3 ou Audi A3, a tarefa se mostra mais simples devido à grande quantidade de peças, proprietários e informações. Caso seu objeto de desejo seja mais raro, como modelos Volvo ou das linhas M da BMW ou AMG da Mercedes-Benz, o investimento em trabalho e dinheiro precisará ser bem maior.

Para aqueles que desejam modelos de luxo, mas sem dedicar tanto tempo e estudo, fica a sugestão pela opção por modelos mais novos, ainda na garantia e suporte das redes de concessionárias. Por outro lado, as despesas com revisões, impostos e seguro serão mais altas e o motorista deve preparar o bolso. O carro cai de preço, mas as peças e serviços não. Caso não haja interesse ou disponibilidade financeira, escolha os modelos de marcas padrão.

Sintetizando: trabalho e despesas não devem ser evitados, mas administrados conforme o interesse e bolso de cada motorista. O modelo premium alemão ou italiano pode sim ser o seu sonho, desde que o dono esteja preparado. Não vale comprar e deixar sem manutenção, pois nada entristece mais um gearhead do que ver um carro de sonho mal conservado.

Anúncios

11 comentários em “Carros de luxo usados: o sonho que pode virar pesadelo Deixe um comentário

    • Rafael, todo sonho pode ser realizado com um bom planejamento financeiro. Só não vale comprar sem conhecer os custos e se arrepender depois.

      Muitas pessoas comuns mantêm carros de luxo bem conservados planejando a compra de peças no eBay conforme a condição e dirigem com cuidado, claro. Para quem compra zero quilômetro, as marcas oferecem um pacote com revisões, o que reduz o custo com revisões. Sonhar é poder.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: